Atividade Para-Militar

 

Apesar dos riscos, o doce sabor de vingança era mais forte e ela, além do mais, bem gostosa.

Com isso, o Magrão acabou ficando freguês e, nas ausências do militar, por "lá" se embrenhava.

Agora, depois daquela quase mancada, em que ele ia abrir a porta que dava para a sacada, completamente nu, eles não permitem que os arroubos amorosos se estendam até o amanhecer. Inclusive para evitar chamar a atenção dos pais, ele, logo depois do banho, no chuveiro do major, sai sorrateiramente, de volta à sua própria casa.

Como faz, habitualmente, nos dias em o dono da casa está fora, ele chega da escola, desce no seu andar e vai, pela escada, até o andar de cima. Mas, contrariando o combinado, nesta noite, a porta está fechada.

Alguns acontecimentos novos, lá no Vale do Ribeira, anteciparam a volta do militar e, para desespero dela, não há como avisar ao namorado. Resta, somente, contar com a sorte, a percepção e a presença de espírito do Magrão.

Louco por ela, o nosso amigo nem se dá conta do por quê de aquela porta estar fechada; pensou, apenas, em uma distração da namorada.

Bate de leve, mas insistentemente, até que nota, pela soleira, a luz da sala sendo acesa.

Duas quebras de regra, simultâneas, o alertam sobre o perigo mas, é tarde.

É o próprio milico, de pijamas listrados, parecendo uma zebra, quem abre a porta.

O Magrão dá uma balançada para trás, envesga os olhos, gruda o “bicho” pelos ombros e dá-lhe um sonoro beijo, dizendo com a voz pastosa de bêbado:
-Oi, pai, boa noite!

-Pai, o quê! Seu filho da puta, moleque bêbado, sem vergonha.

Prega-lhe um tremendo tapa no ouvido, que o faz sair de quatro, pelo corredor.

Ele, muito ladino, ali fica, sentado, como que a recobrar a memória e a lucidez, enquanto a porta se fecha, com estrondo.

Desse dia em diante, a cada vez que o militar o encontra, sorri com sarcasmo e pouco caso para o jovem que, cabisbaixo, finge vergonha.

No íntimo pensa: “o idiota sorri, com sarcasmo e razão mas, sem saber o por quê”.

Foi essa, a sua última e, mais arriscada participação em uma atividade para militar.

 
Carlos Gama. "www.suacara.com

09 de maio de 2002 – 16:54 h

 

 

voltar